Portal no Facebook Portal no Twitter Portal no YouTube Blog do Portal Portal nas Redes Sociais

Portal Terceira Idade
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Diálogo Aberto
Diálogo Aberto
Arte e Cultura
Reflexão
“Eu sou você, amanhã!”
Em alguns países mais desenvolvidos, o idoso é um símbolo de sabedoria e é tratado como um “rei”, pois só ele é capaz de transmitir conhecimento adquirido aos mais jovens
Por: Fabio Balbino
Publicitário, 56 anos, é colunista convidado do Portal Terceira Idade
Fale com o colunistaFale com o colunista
Fale com o colunista
foto colunasembram-se da propaganda de vodka dos anos 80, onde uma pessoa se deparava com ela mesma, no futuro, e “ela” do futuro dizia “Sabe quem eu sou? Eu sou você, amanhã!”?

Pois bem, essa frase, que é muito usada por quem viveu essa época, como eu, reflete o que acontece com os jovens por não entenderem, por questões culturais ou simplesmente por falta de informação, que nós hoje somos fortes, cheios de vigor, enfim, na “flor da idade” como dizem, e nem sequer pensamos como será a nossa vida após os 60.

A questão aqui não está no fato de sabermos que vamos morrer um dia, mas como vamos viver durante a nossa trajetória curta aqui no planeta. Gostaria de enfocar aqui a relação entre os jovens e os idosos, que muitas vezes é desgastada, ou por falta de paciência, respeito e visão de futuro, ou pela “cegueira” e insensibilidade que a vida moderna às vezes nos impõe.

O lado cômico disso é que o tempo passa tão rapidamente que, quando vamos ver, já estamos na terceira idade. E logo nos vêm à cabeça essas reflexões sobre o que somos, o nosso papel e porque o ser humano é um dos animais que renegam a própria natureza e é capaz de tratar o seu semelhante idoso com desdém e desinteresse.

Em alguns países mais desenvolvidos, isso ocorre ao contrário. O idoso é um símbolo de sabedoria e é tratado como um “rei”, pois só ele, idoso, é capaz de transmitir conhecimento adquirido aos mais jovens.

Aqui no Brasil o idoso é tratado como um “estorvo”, desde a relação familiar, a comunidade e principalmente pelo Estado, que recolhe impostos do cidadão por toda uma vida e, depois, lhe devolve muito pouco na sua aposentadoria, sem falar na assistência de saúde e outras coisas importantes como direito ao lazer, moradia digna, e por aí vai.

Por isso tudo é que a frase “Eu sou você, amanhã!” é pertinente e deve sempre ser lembrada, pois a nossa passagem aqui na Terra é muito rápida, frágil e cheia de surpresas.

Fotos/ilustrações: divulgação
Mais sobre o assunto, na internet
UOL > Boa Saúde > Artigos
A sociedade e a terceira idade

As sociedades ricas, de primeiro mundo, encaram a Terceira Idade de maneira bastante prática e objetiva. Infelizmente sociedades pobres como a nossa, tendem a isolar o idoso
http://boasaude.uol.com.br/lib/showdoc.cfm?LibDocID=3050&ReturnCatID=1770
UOL > Boa Saúde > Artigos
Como mudar o comportamento frente ao idoso

A sociedade deve receber o idoso, respeitando suas limitações e salientando as suas qualidades
http://boasaude.uol.com.br/lib/showdoc.cfm?LibDocID=3053&ReturnCatID=1770
Mais sobre o assunto, no Portal Terceira Idade
Arte e Cultura > Reflexão
Não seriam as pessoas idosas as portadoras da chamada “sabedoria”?
Conversa entre uma criança e seu avô levanta interessante reflexão sobre as relações intergeracionais. O que você, leitor, faria no lugar dos personagens desta história?
Arte e Cultura > Crônicas
“Quais cores essa vida tem?”
Série de crônicas relata histórias de pessoas que passaram dos 60 anos de idade, mas que levam uma vida ativa como qualquer outra pessoa mais jovem
Saúde e Equilíbrio > Anteriores > Saúde/Envelhecimento
Cuidados para os jovens que querem ser idosos saudáveis e felizes
O envelhecimento é fisiológico e natural e precisamos aprender a entendê-lo, o que não pode acontecer é o envelhecimento e empobrecimento de espírito

Outras Colunas

Arte
Concurso

vídeo disponível
“Talentos da Maturidade” valoriza e incentiva a produção e memória cultural da 3ª idade
Realizado pelo Santander Cultural e o Ministério da Cultura, o concurso completa 14 edições neste ano.
Confira os vencedores!
Consciência Negra
Dia da União e Consciência Negra
Data marca a morte de Zumbi dos Palmares, morto em 20 de novembro de 1695
Esoterismo
2012: fim do mundo ou o início de uma nova era?
A data prevista pelo Calendário Maia não se refere ao fim do mundo, mas, sim, a um processo de transformação dos valores espirituais na consciência da humanidade, rumo à evolução
Crônicas I
“Quais cores essa vida tem?”
Série de crônicas relata histórias de pessoas que passaram dos 60 anos de idade, mas que levam uma vida ativa como qualquer outra pessoa mais jovem

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
©Todos os direitos reservados
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Auika - Web & Graphic Design