Portal no Facebook Portal no Twitter Portal no YouTube Blog do Portal Portal nas Redes Sociais

Empresas Amigas da 3a Idade - Outras colunas


Clique na imagem para iniciar o vídeo.
"Violência contra a Pessoa Idosa", da Série Direitos Humanos (Ministério da Educação) (9'43'')

Portal Terceira Idade
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Diálogo Aberto
Diálogo Aberto
Cidadania
Violência contra a pessoa idosa
15 de junho: Dia Mundial de Combate à Violência Contra a Pessoa Idosa
A data foi criada com o objetivo de despertar uma consciência mundial, social e política, da existência da violência contra a pessoa idosa. Divulgue o vídeo abaixo para o maior número de pessoas possível!
vídeo disponível Vídeo disponível (ele se auto-iniciará em alguns instantes)
Por: Tony Bernstein
Coordenadora Geral do Portal Terceira Idade, Pedagoga e Jornalista
Fale com o colunistaFale com o colunista
Fale com o colunista
violência, não só física como também a psicológica, acomete idosos de todas as faixas econômicas. Na maioria das vezes, a agressão vem de pessoas da própria família ou próximas a eles. O abandono nos asilos, a falta de carinho, a pressão psicológica e o descaso são formas de agressão que muitas vezes passam despercebidas.

O abuso é geralmente praticado por pessoas nas quais os idosos depositam confiança: familiares, vizinhos, cuidadores, funcionários de banco, médicos, advogados, etc. A vítima é freqüentemente do sexo feminino, com mais de 75 anos e vive com familiares. O perfil mais comum é o de uma pessoa passiva, complacente, impotente, dependente e vulnerável. Essas pessoas costumam ser solitárias e isoladas, podendo apresentar depressão e uma baixa estima reforçada por sentimento de culpa e vergonha.

Por outro lado, o agressor também tende a apresentar baixa estima e projetar a responsabilidade de suas ações, assim como de suas frustrações, sobre terceiros, possuindo temperamento explosivo e incapacidade para controlar seus impulsos, compreender e encarar situações. O perfil básico desse tipo de agressor é um adulto de meia-idade, geralmente um filho, em geral financeiramente dependente da vítima e com problemas mentais e/ou dependente de álcool ou de drogas.

No Brasil, 65% dos idosos consideraram maus-tratos a forma preconceituosa como são tratados pela sociedade em geral: as baixas aposentadorias, os desrespeitos que sofrem no transporte público e a falta de leitos hospitalares para idosos. No nível doméstico, só é relatado como abandono por partes das famílias.

foto notíciasA violência contra a pessoa idosa é um fenômeno universal e representa um importante problema de saúde pública, com prevalência tanto nos países desenvolvidos como nos países em desenvolvimento. Somente nas últimas décadas é que o tema da violência contra a pessoa idosa tem recebido a atenção da sociedade civil e do Estado.

Em 2002, os países membros da ONU assinaram, no Canadá, a Declaração de Toronto, que definiu um plano internacional de Prevenção da Violência contra a Pessoa Idosa. O documento propõe estratégias e ações para serem adotadas pelos países membros para a prevenção e intervenção nas diversas manifestações da violência contra a pessoa idosa.

No Brasil, a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República lançou em dezembro de 2005 o Plano Nacional de Enfrentamento à Violência contra a Pessoa Idosa. No documento são expressas as competências e ações dos Ministérios e a co-responsabilização dos estados e municípios no desenvolvimento de ações para o enfrentamento da violência a pessoa idosa no território nacional.

Em 15 de junho de 2006, o INPEAInternational Network for the Prevention of Elder Abuse (Organização Internacional para Prevenção de Abusos contra Idosos), em parceria com a ONU (Organização das Nações Unidas) e a OMS (Organização Mundial da Saúde), elegeu o dia 15 de junho como o Dia Mundial de Sensibilização da Sociedade Civil para a Luta Contra a Violência à Pessoa Idosa (World Elder Abuse Awareness Day), com o objetivo principal de criar uma consciência mundial, social e política, da existência da violência contra a pessoa idosa junto com a idéia de não aceitá-la como sendo normal, apresentando formas da prevenção. A ONU passou a reconhecer, então, que a violência à pessoa idosa é violação aos direitos humanos.

Fotos: divulgação
Vídeo: Idosos - Direitos Humanos (Ministério da Educação)
Mais sobre o assunto, na internet
Portal Observatório Nacional do Idoso
Órgão ligado à FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz / Secretaria Especial dos Direitos Humanos / Governo Federal
http://www.direitoshumanos.gov.br/observatorioidoso
Portal Observatório Nacional do Idoso
Fale com o Observatório

http://www.observatorionacionaldoidoso.fiocruz.br/fale/index.php
Portal Observatório Nacional do Idoso
Página de links de interesse

http://www.observatorionacionaldoidoso.fiocruz.br/links/index.php
FIOCRUZ - Fundação Oswaldo Cruz
http://www.fiocruz.br
Secretaria Especial dos Direitos Humanos – SEDH / Governo Federal
http://www.presidencia.gov.br/estrutura_presidencia/sedh/
INPEA - International Network for the Prevention of Elder Abuse
(site em inglês)
(organização internacional para prevenção de abusos contra idosos)
World Elder Abuse Awareness Day 2009
(Dia Mundial de Combate à Violência Contra a Pessoa Idosa)
http://www.inpea.net/weaad.html
Mais sobre o assunto, no Portal Terceira Idade
Diálogo Aberto > Cidadania > Solidariedade
Continua a Campanha “Seja um Cuidador Voluntário”. Você também pode participar!
O Portal está recebendo mais e-mails de grupos e pessoas que querem doar seu tempo para idosos e pessoas sozinhas que não tem mais a capacidade de cuidar de si mesmas
Direitos da 3a. Idade
Os idosos são o futuro do Brasil - 1ª parte (de 6)
O Brasil está envelhecendo, e a cada dia aumenta o número de cidadãos preocupados com a saúde física, mental e cultural do idoso
Conheça o Estatuto do Idoso
Direitos da 3a. Idade

Outras Colunas

Violência
contra a mulher
No dia 7 de agosto, o Brasil celebrou dez anos da Lei Maria da Penha
Considerada a 3ª lei mais eficaz do mundo em prol da proteção das mulheres, seu nome é uma homenagem à Maria da Penha Maia Fernandes, duas vezes vítima de tentativa de assassinato pelo marido
Especial - Alzheimer
Cidadania
Novo canal do Portal responde dúvidas de internautas sobre Alzheimer
Para amenizar a sobrecarga emocional, física e social que ocorre com os familiares de portadores da doença, a gerontóloga Eva Bettine responde, individualmente, às perguntas enviadas pelos internautas do Portal
Voluntariado
Projeto voluntário utiliza cães para ajudar na recuperação de crianças e idosos
O “Patinhas do Bem” conta com vários cães de temperamento dócil que realizam visitas em hospitais, creches, escolas e asilos, levando alegria a quem precisa
Osteoporose
Projeto de pesquisa está recrutando mulheres de 70 a 89 anos para exames gratuitos de Densitometria Óssea
O estudo, que envolve um novo equipamento para análise de ossos, está sendo desenvolvido pelo departamento de Reumatologia da Faculdade de Medicina da USP
Reflexão I
Crie o seu “Plano Estratégico de Vida”
Comece a pensar na hora de sair de cena desde o início da carreira, já no primeiro emprego. A experiência ensina que quem se preparou com antecedência, tem um pós-carreira de sucesso
Reflexão II
No cardápio do pós-carreira, você é quem faz a escolha
Não subestime a sua competência, a sua capacidade de fazer acontecer, de fazer a diferença e de ser o protagonista da sua própria vida
Direitos
O que é BPC-LOAS?
O BPC é um benefício de direito aos idosos de baixa renda e às pessoas com deficiência, oferecido pelo Fundo Nacional de Assistência Social
Alerta
Somente 1/3 dos centros para idosos existentes no país atende normas da Saúde
A principal limitação dos centros é a falta de profissionais capacitados, como médicos geriatras e gerontologistas

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
©Todos os direitos reservados
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Auika - Web & Graphic Design