Portal Terceira Idade - home Prefeitura da Cidade de São Paulo Telecentros - Prefeitura de São Paulo
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Espaço Livre
Espaço Livre

Poesias

voltar à página anterior

Título/Texto Autor Postado E-mail
Pai

Quando encarei o mundo pela primeira vez,
Através de um vidro pude te ver,
Ainda não te conhecia, mas o como me olhava,
Sabia que estava ali pra me proteger.

Aos poucos fui me aproximando, me acostumando,
Era confortável seu braço, seus carinhos,
Quando percebi estava te amando.

Crescendo ao seu lado, fui aprendendo a te admirar,
E aprendia tudo aquilo que você quis me ensinar,
Aprendi a viver o hoje e esquecer o ontem,
Você sempre foi diretor na escola de ser homem.

Carinho, amor, dedicação, devoção era tudo o que podia demonstrar,
Mesmo que raramente um te amo te ouvi pronunciar,
Mas mesmo assim sabia que podia contar contigo,
Pois de todos nesse mundo você sempre foi meu melhor amigo,

Ensinou-me, a montar, trabalhar, respeitar e a me cuidar,
A ser esperto, inteligente e das pessoas sempre duvidar,
Explicou-me a segredo da amizade, me demonstrava à arte de educar.
E me enchia de segurança quando me dizia "FILHO EM VOCÊ POSSO CONFIAR".

Se sou o que sou devo muito a você, como é possível poder te esquecer,
Sinto sua falta cada segundo do meu dia,
Preciso no mínimo das suas lembranças para continuar a acordado,
Daria qualquer coisa desse mundo por dois segundos do seu abraço.

Perdi um professor, um companheiro, meu melhor amigo,
Você foi meu ídolo, meu protetor e como te dizia em italiano...
"UNO COME TE NON AI"
E é por isso que te amo tanto e digo sempre,
Que se tem uma coisa na minha vida que tive de verdade foi um verdadeiro.

PAI.
Te amo
Henrique Siqueira Garcia 05/06/2006 envie um e-mail para o autor

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
em parceria com os Telecentros e a Prefeitura do Município de São Paulo
©Todos os direitos reservados - 2005/2006
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Kuantika Multimídia