Portal Terceira Idade - home Prefeitura da Cidade de São Paulo Telecentros - Prefeitura de São Paulo
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Espaço Livre
Espaço Livre

Poesias

voltar à página anterior

Título/Texto Autor/
Cidade/
Estado/
Idade
Postado E-mail
GUERRA E... MASSACRE!

Oh! Cegos insensatos,
Emigrantes da agonia,
Em rotas almas escusas.
Mercadores de ignomia
Na feira dos ingratos
Em dejetos de recusas!

Oh! Corações pulsantes!
No ápice da direção
Do avanço organizado...
Temei a voz da razão
Dos humildes passantes
Estuprados no passado!

Procissão de farrapos
Em viagem sem retorno,
Oriundos do inferno vil
Dos confins do suborno,
Aflorando em meros trapos
De um mundo já senil!

Rebolar dos ditadores
No bailar das caveiras,
Sepultando os valores
No fundo de trincheiras,
Num festim de horrores
Em ágape de dissabores.

Indiferentes à penúria
Do esfomear dos vencidos,
Na metrópole das barracas
De sonhos mal dormidos...
Seguem desfilando injúria
Por quaisquer quimeras!

O gaguejar da metralha
No rastejar dos evadidos,
Suarentos, pegajosos,
Moucos pêlos estampidos:
Carne própria pra mortalha
Em sepulcros pedregosos!

Desfilar dos dementes
No sibilar dos petardos
De balas sem direção,
No parto de teleguiados
Em massacre de inocentes
Sem nenhuma contemplação.

Mar tempestuoso,
Ares agourentos,
Odores do medo.
Corpos suarentos,
Inferno em gozo...
Almas em degredo!

Bombas esvoaçantes
Sobre a tumba fria.
Choro de parentes
Ao final da orgia
Dos vôos rasantes
De aviões potentes.

Pocilgas com alimentos:
Pensionato de escombros!
Merenda dos perdedores,
Com vergares de ombros,
E vagar de pensamentos
Na fuga dos predadores!

Máquinas dirigíveis,
Povo escorraçado,
Orar do desespero!
Deus? ... Decepcionado!
Comandos insensíveis
A quaisquer apelos.

Fluência do projétil,
Dormência da razão.
Ganância do dividendo,
Acordos em extinção:
Crucifixo de fuzis!
Satanás... Florescendo!

(aa)S/A/BARACHO.
conanbaracho@uol.com.br
Sebastião Antônio Baracho

Coronel Fabriciano
MG

De 71 a 80 anos
13/10/2007 envie um e-mail para o autor

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
em parceria com os Telecentros e a Prefeitura do Município de São Paulo
©Todos os direitos reservados - 2005/2006
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Kuantika Multimídia